Saturday, March 03, 2007

"antes das florinhas" ...diz ele

Quando oiço frases como "o desenvolvimento não pode ficar refém do ambiente" aquilo que entendo é "o desenvolvimento dos que se estão borrifando para o ambiente não pode ficar refém do daqueles que apreciam o ambiente". Não percebo porque é que é ao desenvolvimento dos primeiros que é dada prioridade, sempre que se coloca a questão.Quando oiço o presidente da Câmara Municipal da Covilhã dizer "antes das florinhas estão as pessoas" (veja aqui), o que entendo é "antes das pessoas que gostam de florinhas estão as pessoas que não querem saber delas para nada". Mais uma vez, não percebo porque é que assim há-de ser. Alguém percebe?

13 comments:

kurika said...

Certamente, essesinhos, não sabem que podemos viver em paralelo com as flores... o que seria de nós sem elas????...ao passo que elas não precisam de nós..., não achas???

Um beijinho...

...e já estive na Guarda, que apesar de lhe atribuirem tantos "F's" não a acho feia...

ljma said...

Obrigado pela visita ao Cântaro Zangado e pelo aproveitamento que deste a este post.
Agora vou dar por aqui uma voltinha...

david santos said...

Olá!
Lindo, lindo e lindo!
Parabéns

Moura said...

Tudo o que resvala em fundamentalismo pode tornar-se perigoso.
Um abraço

Moinante said...

" Vagueando por aí , sem itenerário ou destino , vou parando aqui ou ali , deixando esta mensagem ...

Resto de um bom fim de semana ...

PR said...

Atento. Bom domingo, abraço.

chuvamiuda said...

......................

às vezes, as causas de tanto as chamarmos nossas, acabam por sair banalizadas.

se não formos equilibrados, nunca conseguiremos manter o equilibrio do meio ambiente.

naturalmente todos os alertas são bem-vindos

.................


Boa semana

Pandora said...

Não , não entendo, até porque todos precisamos delas.
Os Crocos são lindos , tenho também alguns.
Beijos.

Joao Soares said...

Belo texto...lindo.
Então...e tanta timidez...estou em falta....irei colocar esta avelazinha na minha lista de blogues ambientais.
Um abraço
Joao

al cardoso said...

Eu tambem nao precebo,

Como dizia outro comentador, eporque nao conviver-mos com elas! (as florinhas)

Um abraco d'Algodres.

sa.ra said...

percebo que são ignorantes, que ignoram coisas muito importantes, que não sabem o que dizem, que não sabem o que fazem... e só por isso, tendo (e às vezes consigo)não me aborrecer e perdoar-lhes...


é lamentável, muito, de mais!

beijo
dia muito feliz!

Hanah said...

são cegos, surdos e loucos....

educação ambiental neles !!!

Beijão


Boa semana Flor

amigona said...

HOJE, um beijo especial para ti...