Thursday, September 28, 2006

USEM OS OLHOS...







Eu, que sou cega, descubro centenas de coisas:
a delicada simetria de uma folha,
a casca suave de uma bétula, a cortiça áspera de um pinheiro.
Eu, que não posso ver, aconselho aos que podem:
usem seus olhos como se amanhã fossem perdê-los.
Ouçam a música das vozes, a canção do passarinho e os sons
poderosos da orquestra como se amanhã fossem ficar surdos.
Toquem cada objecto como se amanhã fossem perder o tacto.
Aspirem o perfume das flores e degustem cada bocado de alimento como se nunca mais pudessem degustar ou aspirar novamente.
Extraiam o máximo possível de cada sentido.
Glória a todos os aspectos, a todos os prazeres, a toda a beleza que o mundo nos revela!

"(extraído do livro O espírito criativo, Daniel Goleman, Paul Kaufman, Michael Ray - Editora Cultrix)
AQUI E ALEM




PODE ENCOMENDAR OS NOSSOS TRABALHOS! ENVIAMOS PARA TODO O PAIS. AJUDE-NOS A CONSTRUIR O CENTRO DE DIA

18 comments:

Anonymous said...

Avelana,
aqui estou admirando seu blog e o seu trabalho! Parabéns!!!
Fico feliz de ver este post aqui...senti que era uma boa chamada para as pessoas prestarem mais atenção à vida!
Mais feliz ainda ficarei se me visitar mais vezes. Da minha parte voltarei.
Abreijos
Ma Jivan Prabhuta
P.S. vou linkar seu blog,OK?

Kalinka said...

AVELANA

Entendo muito bem este seu texto: usem seus olhos como se amanhã fossem perdê-los.
Ouçam a música das vozes, como se amanhã fossem ficar surdos.
Toquem cada objecto como se amanhã fossem perder o tacto.
Extraiam o máximo possível de cada sentido.
AINDA HÁ BEM POUCO TEMPO estive praticamente cega, sem qualquer hipótese de visão durante 3 semanas, e digo, foi horrível.

Quanto aos vossos «trabalhos» cada dia encontro peças maravilhosas. Você respondeu-me sobre as mantas, disse que as mantas grandes estavam esgotadas, pois se tiver alguma foto das tais mantas pequenas de 1m/1m, envie e diga qual o preço. Meu e-mail é: empdsa@gmail.com.
Sempre que puder, me envie os dados por e-mail, para eu fazer a minha encomenda.
AMIGA, também eu ando «furiosa» com estes servidores do blogue, pois só ontem escrevi 8 comments que não seguiram, porque se perdia a ligação e não pense k é só com o meu blog...quem me dera k fosse só com o meu, é com outros mais.
Beijos doces.

greentea said...

este post esta lindissimo associando o texto , as fotos e os trabalhos que fazem...

tudo bom para voces.

tb tenho reparado que muitos comments se perdem como diz a Kalinka e hoje tive imensa dificuldade em postar.

António said...

Olá!
Tens um blog ainda criancinha, ó egitaniense (é assim?).
Vamos ver se ele medra com viço e vigor.
Obrigado pelo teu comentário.
Acho que foi o primeiro...mas espero que não o último.

Beijinhos

António Rosa said...

Belo post. Belo texto. Belas fotos.

canela_e_jasmim said...

Combinaste com a Greentea ou nem por isso?Deixo-te o mesmo comentário:

Tenho uma afilhada, que cegou aos 18 anos.

Reaprendeu a viver e hoje trabalha num ministério do estado, tem casa própria e faz tudo sózinha.

Este trecho, com que hoje nos brindas, lembra bem àqueles que têm olhos e recusam ver.

Um beijo iluminado e parabéns pelas caixinhas lindas! São uma ternura!

anatema said...

Bonitos trabajos. Y bonito texto.

Cerrar los ojos y tocar los objetos, tocar, acariciar, aprehender...

Sí. Desperdiciamos el sentido del tacto. TAN IMPORTANTE...!!!

Gracias por visitarme.

sabr said...

Pelo menos...bom fim de semana, abraço.

LuzHarmonia said...

Fiquei fascinada com este cantinho.
Este post fez-me parar para pensar em todos os sentidos e como por vezes os trato com tanta indiferença.
Prometo que vou tomar mais atenção.
Prometo que te vou linkar.
E prometo voltar sempre.
Beijos de Luz

António Rosa said...

É sempre reconfortante chegar a esta casa. O texto impressionou-me positivamente.

Venho convidar-te para uma fatia de bebinca, uma sobremesa indiana.

Um abraço

Ghiza Rocha said...

ai sempre tem coisa bonita aqui né?

Freyja said...

que maravilla esta hermoso
un abrazo muy grande y que estes muy bien
besitos


besos y sueños

dreams said...

o texto é marcante, porque a maior parte das pessoas não vê nem sequer o que tem debaixo dos olhos...
as fotos estão deslumbrantes e os trabalhos muito bonitos...

parabéns

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

pitanga said...

Avelana, olha eu aqui! Vim para dizer Oh! que fotos tão lindas, que dia tão lindo! As vêzes a chuva faz cair a minha rama, mas hoje a pitangueira está de pé novamente.

beijos doces

Leticia Gabian said...

Maravilha de texto pra um trabalho espetacular.
Beijo

Anonymous said...

Parabéns pelos trabalhos lindos....e pelo texto.

Aproveito para deixar uma mensagem aos bloggers que não deixam comentar anónimo (greetea, por exp.). Não estou a conseguir postar ainda em certos blogs. A mudança para o beta causou muita confusão. Mas lembro a todos :)

Beijocas

Isa (serpentine)

MiaHari said...

Lindo, este seu texto!
De louvar, toda esta dedicação!

Beijinhos.

serenidade said...

Lindissimos trabalhos.
Obrigada pela visita no meu humilde espaço.

Um doce e terno beijo sereno