Monday, June 18, 2007

efeitos da devastação

optimo texto de Vera Ghimel:
Muitos seres humanos estão preocupados, uns há muito tempo e outros por conta da ampla divulgação da mídia, com o futuro do Planeta Terra. O movimento ecológico mundial é responsável pela formação da atual consciência humana em relação às conseqüências devastadoras do desenfreado desenvolvimento da civilização.
Mas eu não poderia deixar de dizer que tudo o que está manifestado fisicamente no planeta tem uma expressão elemental. Nós temos um Eu Elemental. Ele é o responsável pela expressão da alma aqui no planeta.O ser humano não é de estrutura simples. É uma composição de diversos seres parciais, cada qual exercendo sua função no caminho para a plenitude. Assim como nós, o planeta também possui esses corpos. E quando devastamos uma parte da natureza, desestruturamos não só o visível, (plantas e animais) como também o invisível – os elementais. Estes ficam completamente desequilibrados causando nos ambientes, uma completa confusão. Suas consciências não sabem se organizar de novo e de nada adianta colocar plantinha nos locais devastados pois não funciona.[...]Os campos energéticos locais ficam conflitantes e, portanto, nada no lugar vai pra frente. Isso serve para qualquer edificação, não só as comerciais como também as residenciais. Sei de famílias que se mudaram e começaram a adoecer constantemente. O lugar precisava ser equilibrado.Não falo somente de seres desencarnados que muitas vezes insistem em permanecer no local onde viveram, ou de formas pensamentos deixadas pelos antigos habitantes. Falo de invasão de espaço.Sempre oriento as pessoas quando estabelecem suas novas moradias ou ambientes de trabalho que façam um pequeno ritual de entrada. Peçam sempre licença aos habitantes “naturais” daquele lugar e, aí sim, entrem. Podem aproveitar e encaminhar os desencarnados com o renascimento e colocar flores em sinal de amizade e respeito pelos elementais dali.Os Xamãs vivem fazendo isso para seus povos viverem em paz e com abundância.É com pesar que vejo pessoas ditas ilustradas e que vêem essa manifestação como atrasada ou coisa parecida, rirem de tudo isso demonstrando completa ignorância, inclusive quanto a sua própria formação física.Somos feitos dos 4 elementos mais o espírito, portanto, temos um ser elemental em nós que interage com os seres elementais dos outros e com tudo em volta. Precisamos saber entrar em qualquer lugar, pois não somos os donos de nada, apenas pedimos momentaneamente emprestado o que possuímos.Devemos ter a humildade de agradecer às plantas, à água, ao fogo, ao ar, às rochas à terra, aos animais por tudo o que têm contribuído para o nosso crescimento.Enquanto nós humanos tivermos o EGO tomando decisões na frente do EU Superior e do EU Elemental que também somos, teremos poucas chances de salvar esse maravilhoso planeta chamado TERRA, onde habita o ESPÍRITO GAIA. E que Deus nos perdoe pela imensa ignorância.(um dos textos do somostodosum desta semana)

retirado DAQUI

5 comments:

Hanah said...

Com efeito !!!!

muito bom !!!!



Boa semana !!!

asn said...

Como é que se pode ficar insensível a textos com apelos deste nível, com esta intencionalidade?
Quem somos nós, os Homens? O que viremos a ser se sobrevivermos a um cataclismo da Natureza?!
Será que ainda vamos a tempo de arrepiar caminho, nesta ânsia do lucro e da vida fácil?
Será que estamos a educar as crianças e os jovens de hoje para as tremendas lutas que os esperam se quiserem preparar Planeta para a vida dos seus filhos?
Andaremos a pregar no deserto? Ninguém nos ouve, os que se preocupam com o Futuro? A vida não pode ser encarada como o Presente, exclusivamente a pensar no prazer pessoal, no dinheiro das nossas contas bancárias, no bem-estar individual!
Há que reestruturar toda a sociedade. E não vejo que o Neo-Liberalismo selvagem actualmente tão em voga possa ser a solução!
Há que parar e Meditar no que será o melhor caminho a seguir!
Prefiro a discussão demorada para se encontrar as melhores soluções do que a imposição da vontade ditatorial das maiorias absolutas!
Pela VIDA!
António

Ana Ramon said...

Olá Amigos. Gostei de ler este texto e concordo com ele, não propriamente sobre os elementais porque isso é uma teoria que me ultrapassa, mas sim pela reflexão sobre o respeito pela natureza. Tento respeitá-la o melhor que posso. Também me dói ver o abate das árvores, os animais perseguidos e maltratados, as limpezas das matas (ainda que seja com uma intenção que eu aprovo)mas que sinto destruir pequenos esconderijos e plantas diversas. Viver no campo, além das alegrias que essa proximidade nos dá, também arrasta muita dor por nos sentirmos completamente impotentes face ao desrespeito instalado e a todos os níveis. Estava a ler o vosso post e lembrei-me do filme "Os deuses devem estar loucos" que comprei para mostrar à criançada. E tem um momento em que se vê os bosquímanes que antes de comerem o animal abatido, pedem-lhe desculpa e explicam que o mataram só porque tinham fome. Mais ou menos como contam no texto publicado. Um beijinho para todos

al cardoso said...

Cara amiga, parabens pela entrada!

Passe pelos meus sitios tem ai informacao e um convite para dizer presente, quem sabe pode.

Um abraco do d'Algodres.

Pandora said...

Lá no meu canto, foste nomeada.
Beijos.